NOME DE POBRE NO BRASIL

terça-feira, 25 de março de 2014

O CERTO É XEIRA-TE FREITAS E NÃO TEIXEIRA DE FREITAS (RISOS)

Meu querido amigo dos tempos da adolescência em SC, Osvaldo Della Giustina, me lembrando passagem hilária de dois deputados federais notáveis do passado. Teixeira de Freitas quis corrigir Flores da Cunha, que usava e abusava do pronome oblíquo no começo das frases, como faz todo mundo, especialmente os gaúchos: "É lamentável que V. Exa., cultor da língua portuguesa, inicie uma frase com o pronome oblíquo, "me disseram", quando o correto seria "disseram-me". Resposta de Flores da Cunha, na bucha: "A ser absoluta a correção de V. Exa., seu nome deveria ser Xeira-te Freitas!"