NOME DE POBRE NO BRASIL

quinta-feira, 29 de maio de 2014

SEM PAPAS NA LÍNGUA, COM RICARDO BOECHAT, NA BANDNEWS

https://www.hightail.com/download/ZUcyNU1LUENRWUo3czhUQw?baidusign=4316797&baidurand=13764 PALAVRAS DE MANIFESTAÇÕES, PROTESTOS E DESORDENS Nossos ouvintes sabiam que "Black Bloc", o nome mais em evidência dos protestos atuais, é tardio no Brasil? Surgiu na década de 80 do século passado, veio do Italiano (autonomi) passou pelo Alemão (Autonomen), onde virou Schwarzer Block (blocos pretos, por causa das roupas e da formação nos protestos, em bloco), foi para o Inglês Black Blocks, depois Black Blocs, de onde veio para o Português. Seu ideólogo, John Zerzan, anarquista, diz que não são violentos porque violência é atacar pessoas. E eles atacam coisas, empresas. "Não se violenta uma cadeira, uma mesa", diz ele. Mudanças sociais violentas são marcadas por determinadas palavras. Se é a classe dominante, a gente fina e nobre que lidera as mudanças, as palavras escolhidas são GUERRA e REVOLUÇÃO, com significados positivos. Se é o povo quem as faz, daí é ARRUAÇA, BAGUNÇA, BADERNA, PORRADA, REVOLTA e SEBAÇA, de significados pejorativos. Demos a etimologia de cada uma delas, cujo resumo segue: 1) Manifestação: do étimo latino "manifest", porque apanhado com o a coisa na mão (manus), em geral produto de roubo. Veio a designar clareza, evidência. 2) Protesto: Pro (em favor de ), mais o étimo Latino "test", de testemunha, onde protestar significar testemunhar publicamente, não no fórum! Nas ruas! 3) Desordem: do prefixo "des", indicando o contrário, e do Latim "ordo", fileira, alinhamento, classe,posto do soldado na batalha etc. Fiz-se ordem porque procede da declinação "ordine". O étimo está em ordinário (do Latim ordinarius, escravo que mandava nos outros, dava-lhes ordens), extraordinário, coordenador, desordenado, subordinado. E em ordenação, sacramento pelo qual o bispo faz de um homem um padre, que recebe as ordens de poder ministrar sacramentos. O padre é ordenado. O bispo é sagrado. O papa é eleito em conclave (com chave, isto é, a portadas fechadas). Nos cargos civis, os funcionários não nomeados, designados etc. Nos cargos militares, recebem as patentes (do étimo latino PATENS, exposto, público: todos devem saber qual o posto, cargo e nome estão na farda etc). 4) Demos a etimologia de GUERRA e REVOLUÇÃO (chiques) ARRUAÇA, BAGUNÇA, BADERNA, PORRADA, REVOLTA e SEBAÇA (vulgares).