NOME DE POBRE NO BRASIL

quarta-feira, 8 de agosto de 2012

ENTREVISTA DE ZECA FONSECA AO BLOG DO HÉLIO

Pedro, que entrevista emocionante esta do Zeca Fonseca, irmão da Bia Fonseca do Lago, filho da Thea e do Rubem Fonseca! Gosto da família toda, mas nunca mais vi o Zeca desde que o conheci em 1974 na casa deles, num jantar agradabilíssimo e inesquecível. Eu tinha 25 anos e nenhum livro publicado! Em encontrei a Bia, empre amorável, a quem dei entrevista no belo programa que faz com escritores para a TV. Batia longos papos com a Thea, tradutora de mão cheia, dulcíssima e sempre atenioa comigo, cuja lembrança pode levar o Zeca a chorar. E com quem mais falo é com o Rubem Fonseca, que todos chamam Zé Rubem, mas eu não, por tê-lo conhecido primeiro na capa de um livro que li como aluno de Letras, O Caso Morel, e que propus para meu trabalho de semestre ao então professor de Literatura Brasileira, em vez de um livro de Machado de Assis! Mas não por não gostar de Machado e, sim, por termer não ser entendido por professores e colegas, que esperavam que eu repetisse os estudos sobre Machado, que acho pesados. Quem vai ler Machado depois de ler os estudos de Roberto Schwarz sobre o desconcertante Bruxo? Ninguém! O crítico é em geral um exterminador de leitores! Eu tento não ser isso, como professor, mas é difícil! Faltou um Deonísio na vida do Zeca, se falsa modéstia, sem falsa vaidade, ambas falsas em mim!E qum diz isso e quem escreveu trê livros e um dezena de artigos sobre livros do RF, sobre cuja obra defendi duas teses, sendo um a de doutorado n USP! Degustei palavra por palavra o livro do Zeca, O ADORADOR DE BUCETAS, que, por pudor edtorial, fingido e mentiroso, como a maioria dos pudores foi publicado apenas como O ADORADOR. Em entrevista à escritora e psicanalita Betty Milan, me defini um homem lésbico e estou desde já aguardando O LÉSBICO, de Zeca Fonseca, irmão da Bia Fonseca Do Lago, mulher do Pedro Correa do Lago, enfim eu o amo a todos, e a você também, Pedro Paulo Rosa, revelação de autor e que, ainda por cima, faz grandes entrevistas! Parabéns pelas perguntas, tão suas, tão ao seu estilo, tão originais!